sábado, 17 de novembro de 2018

Locomotivas e Minerais da Croácia

Estes são os dois temas das emissões dos Correios da Croácia lançadas no passado mês de Outubro, temas muito estudados em todo o mundo pelos filatelistas temáticos, que têm uma diversidade muito grande de selos para montar as suas colecções. E no dia 5 emitiram estes dois selos que mostram dois tipos de comboios que circularam nas linhas férreas da região de Zagreb, motores ferroviários de Samobor, a locomotiva a vapor  nº 7 dos anos 20 e 30 do século passado, que pode ser vista no Museu Técnico Nikola Tesla, de Zagreb, e o comboio de motor diesel-eléctrico DEV I, dos anos 50/60. É um trabalho do designer Luka Juras, de Zagreb. Esta emissão é apresentada também em folha miniatura com três séries, daí o canto que vos mostro aqui.

Minerais e Rochas é o tema da emissão do bloco filatélico com dois selos que mostro a seguir, posto a circular no dia 24 de Outubro. Os dois selos, e a imagem de fundo do bloco, representam duas áreas distintas, o "Quartzo", do lado esquerdo, um dos minerais mais comuns na crosta terrestre, e as rochas conglomeradas da Ilha de Brusnik, um monumento geológico protegido desde 1951. Este é um trabalho de design gráfico de Dean Roksandic.



sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Leilões Filatélicos de Novembro - IV

A Casa Filatélica de Barcelona, Filatelia Llach, S.L., realiza no dia 22 de Novembro o seu Leilão Filatélico nº 135 por correio e internet, com mil trezentos e sessenta e seis lotes apresentados com muito pormenor neste excelente catálogo muito ilustrado. Os primeiros lotes são de colecções de História Postal de Navarra, dos séc. XVIII e XIX, e de Málaga. No site desta casa vão encontrar a maioria das imagens destas peças e de toda esta venda. Outro destaque que deixo aqui, e que também podem ver no site desta casa filatélica, são os lotes de Portugal com vários selos D. Luís I, e duas colecções dos Açores e Madeira em dois álbuns cada, de 1868 a 2016, séries e selos novos.

Mas a filatelia de Espanha é a grande referência destas vendas, como não podia deixar de ser, com todos os seus períodos e áreas, as dependências postais e bons lotes de colecções, tanto de Espanha como do estrangeiro, sempre excelentes escolhas. As capas mostram boas peças de Espanha, e não só, sempre de grande qualidade e valor. Quanto à filatelia do estrangeiro, os destaques vão para a Alemanha e área, para a América Latina, a França e colónias, a comunidade britânica e Itália, sempre presentes com muitos lotes da filatelia clássica. Vejam e participem nestes excelentes leilões.




De Mainz, na Alemanha, chegou outro excelente catálogo muito ilustrado de Auktionshaus Loth GmbH, para o Leilão Internacional de Filatelia nº 178, a realizar nos dias 23 e 24 de Novembro com mais de cinco mil e quinhentos lotes. Também aqui vão encontrar lotes individuais e colecções de Portugal muito interessantes, para além de todos os outros lotes de muitos países e da Alemanha, o país em destaque nos leilões de casas alemãs. Há também alguns lotes de moedas, medalhas e notas de vários países, postais e uma área distinta de livros a preços fixos. Vejam e descubram estas excelentes vendas onde podem encontrar o que andam à procura.

Uma das peças interessantes do estrangeiro, de grande qualidade e valor, é o lote nº 445, um sobrescrito voado para a Lua na Apollo 15, em 1971, com carimbo do Kennedy Space Center de 26 de Julho, e carimbo de chegada ao navio USS Okinawa a 7 de Agosto, com os autógrafos dos astronautas David Scott, Alfred Worden e James Irwin. Mas muitas outras peças e lotes são desta mesma qualidade, bastando para tal descobri-las. São muitos milhares de selos e peças filatélicas de todo o mundo, em lotes individuais e de grandes colecções, onde estão todas as áreas e classes filatélicas, incluindo muitas peças pré-filatélicas, correio aéreo e Zeppelin, e muito mais. Vejam e participem.

Mais alguns leilões e as suas ligações directas aos sites:

- A. Karamitsos

- AB Philea

- Philatino



quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Noticiário de Marcofilia - Novembro - III

Os CTT - Correios de Portugal vão lançar na próxima semana dois carimbos comemorativos e um carimbo de primeiro dia, as novidades da marcofilia portuguesa para o dia 19, comemorativo dos 130 Anos da 1ª Edição de "Os Maias", o carimbo comemorativo dos 90 Anos do Mickey Mouse, no dia 21, carimbo associado a uma carteira temática alusiva ao mesmo tema, e os dois carimbos de primeiro dia da emissão de etiquetas automáticas, "Nitrogénio - Nem demais nem de menos", no dia 23 de Novembro, carimbos para as cidades de Lisboa e do Porto.

Aproveito para mostrar o último Inteiro Postal editado pelos CTT - Correios de Portugal, alusivo à Exposição "Sidónio Pais - O retrato do país no tempo da Grande Guerra", com estes dois carimbos comemorativos já divulgados.

Estes carimbos serão apostos nas correspondências apresentadas para o efeito, nos locais e datas que indico aqui:





quarta-feira, 14 de novembro de 2018

A Maior Ponte do Mundo

A Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, inaugurada no mês passado, é a maior construção de ponte e túnel do mundo, e que está a ligar a Região Administrativa Especial de Hong Kong, a leste, e a Província de Guangdong (Município de Zhuhai - China) e a Região Administrativa Especial de Macau, a oeste, através do Delta do Rio das Pérolas. A construção, iniciada em 2009, tem a estrutura principal da ponte, um túnel subaquático, ilhas artificiais e instalações fronteiriças nas três localidades. Para celebrar esta inauguração e a grande obra de engenharia, foram lançadas emissões filatélicas conjuntas nas três Administrações Postais da China, Hong Kong e Macau.

Os Correios e Telecomunicações de Macau lançaram no dia 30 de Outubro esta série de três selos e o bloco filatélico, que representam várias zonas da estrutura, num trabalho de design dos Serviços dos Correios de Macau. A impressão dos selos foi executada por Beijing Stamp Printing House, da China, e o bloco filatélico por Sprintpak, da Austrália. Houve lançamento de carteira especial com as três emissões filatélicas.




Os Correios de Hong Kong emitiram no mesmo dia estes quatro selos e um bloco filatélico, num trabalho de design de Sun CHAN e Hikoko CHAN, e impressão de Joh. Enschedé Security Print, da Holanda. É um design estilizado , mas apresentando algumas construções de referência das três zonas ligadas pela ponte, e a rede rodoviária que vai trazer um grande desenvolvimento para esta região. Mostro também o bloco filatélico com um selo, mas não consegui a imagem dos selos chineses.


terça-feira, 13 de novembro de 2018

O Jogo de Cartas e Outros Selos Suíços

Embora já estejam a ser lançadas novas emissões filatélicas dos Correios da Suíça, dentro de poucos dias, hoje divulgo os selos emitidos no dia 30 de Agosto que retratam a cultura, a arquitectura, as tradições e também o divertimento com o jogo de cartas, o Jass Suíço. Este é o desporto nacional número um, um jogo de baralho de cartas que tem designações próprias conforme a região ou cantão, e que é jogado também noutros países da região, talvez pela influência suíça. Este é o primeiro trabalho artístico para a filatelia de Jens Riedweg, de Baar, artista que conhece bem este jogo. Para além dos quatro selos, foi lançada uma folha miniatura com duas séries, o sobrescrito de primeiro dia e duas caixas com a emissão e baralho de cartas, em francês e alemão. A impressão dos selos foi de Gutenberg AG, de Liechtenstein.

O terceiro grupo de selos que nos mostram Gares de Comboios, apresenta desta vez a Gare de Zweisimmen, da linha Montreux-Oberland, a Gare de Huttwil, da linha Berna-Lötschberg-Simplon, representando a arquitectura moderna, a Gare de Alp Grüm, e de Fleurier, do Val-de-Travers. É um trabalho do artista gráfico Marc Weller, de Berna, e impressão de Joh. Enschedé Security Print, da Holanda. Depois destas bonitas gares de  comboios, vem a excelente paisagem de Alpstein no bloco filatélico criado por Steve Hadorn, de Amriswil, com impressão de Cartor Security Printing, de França.

A seguir mostro um selo que assinala o Centenário da Morte do Pintor Suíço Ferdinand Hodler (1853-1918), que representa um dos seus quadros, o "Lac de Thoune avec reflexion symétrique", de 1905. Este é um trabalho de impressão de Cartor, de França. Está a decorrer uma retrospectiva deste artista no Kunstmuseum de Berna, até 13 de Janeiro. Há ainda dois selos que nos mostram personagens de Contos de Fadas, num trabalho artístico de Viviane Dommann e impressão de Gutenberg AG, de Liechtenstein, selos também apresentados em duas folhas miniatura com seis selos. Outra emissão de quatro selos auto-adesivos é dedicada às Manifestações Especiais, como enviar cartas a aniversariantes, de felicitações e outras mensagens. Estes selos são apresentados em carteiras de dez exemplares, que incluem autocolantes alusivos ao tema do selo, tudo com trabalho artístico de Claudine Etter, de Berna, e impressão de Joh. Enschedé, da Holanda. A última imagem é do selo comemorativo da visita do Papa Francisco à Suíça, lançado no dia 21 de Junho, com trabalho gráfico de Vito Noto, de Lugano, e impressão de Gutenberg AG, de Liechtenstein.














segunda-feira, 12 de novembro de 2018

ITALIA 2018 - Verona

A cidade italiana de Verona vai receber entre os dias 23 e 25 de Novembro, uma grande manifestação filatélica nacional e internacional, a "ITALIA 2018 - 131ª VERONAFIL", numa organização da Federazione fra le Società Filateliche Italiane, e com o apoio dos Correios de Itália e da Associazione Filatelica Numismatica Scaligera. São três grandes exposições que terão lugar no espaço da Feira de Verona, a Exposição Nacional "131ª VERONAFIL", com todas as classes de competição, a Exposição Internacional de Literatura Filatélica, e a Exposição Filatélica do tema "Grande Guerra", com a participação internacional nas classes de História Postal, Filatelia Tradicional, Inteiros Postais, Filatelia Temática e Maximafilia.

Há muito tempo que não acontecia uma exposição internacional inteiramente dedicada à literatura filatélica, como esta que vai realizar-se agora, com a participação de livros, catálogos, revistas, jornais, artigos dispersos nestes suportes, sítios da internet, software e audiovisuais. São cerca de duzentas e oitenta participações de muitos países, onde estão participações em língua portuguesa, como: o livro "O Cancro e a Filatelia", da autoria do Dr. Carlos Freire de Oliveira, de Coimbra; o site "Catálogo CDD de Selos do Brasil", de Claudio Dalmau Drago; o site de Carlos Dalmiro Silva Soares, "Portal do Filatelista Temático", também do Brasil; e este vosso amigo com esta sua página de filatelia.

Já na exposição do tema "Grande Guerra", estará presente a colecção "Portugal in the First World War", do Dr. Eduardo Barreiros. Este grande evento da filatelia italiana e internacional conta com os patrocínios da FEPA - Federation of European Philatelic Associations, da Académie Européenne de Philatélie, da AIJP - Association Internationale des Journalistes Philatéliques, da USFI - Unione stampa filatelica italiana, e a colaboração científica e bibliográfica do Istituto di studi storici postali "Aldo Cecchi" onlus.


domingo, 11 de novembro de 2018

Celebremos a Armistício

Hoje é dia de celebrar o Armistício e a Paz na Europa, que infelizmente não durou muito tempo pela intransigência e esquecimento dos homens. Hoje é dia de lembrar e garantir que as gerações futuras não sofram com a guerra. Para ilustrar esta página com a visão dos artistas plásticos que desenham selos, trago três emissões que foram lançadas recentemente sobre este tema.

Assim temos os Correios de França - La Poste que emitiram no dia 1 de Outubro este selo que homenageia Louise de Bettignies (1880-1918) no centenário da sua morte, uma mulher comprometida e patriota determinada na Primeira Guerra Mundial. É um trabalho artístico de Eloïse Oddos, com imagens da localidade de Saint-Amand-les-Eaux. Louise de Bettignies organizou resistência e a informação secreta para os aliados, tendo morrido na prisão, em Colónia, depois de doença grave.



Os Correios do Canadá lançaram no dia 24 de Outubro este selo com  a "Pomba da Paz", um trabalho dos designers Larry Burke e Anna Stredulinsky, de Burke & Burke, ilustração de Jillian Ditner e impressão de Lowe-Martin Group. Para além do selo e FDC que mostro nas imagens, foram editadas carteiras com dez selos, um painel com cinco selos que pode ser apresentado com moldura, e moedas comemorativas de colecção.




As últimas imagens são dos selos e bloco filatélico lançados no dia 1 de Outubro pelos Correios da Nova Zelândia, que representam os três ramos das forças armadas e a imagem da papoila, símbolo oficial da Lembrança da Guerra. Também aqui foram lançadas moedas de colecção alusivas ao tema, e as habituais carteiras filatélicas e sobrescritos de primeiro dia. O trabalho de design é de Dave Burke, de Auckland, e a impressão é de Southern Colour Print, da Nova Zelândia.





sábado, 10 de novembro de 2018

Leilões Filatélicos de Novembro - III

É já no próximo sábado, dia 17, que se realiza o 68º Leilão Filatélico do Núcleo Filatélico do Ateneu Comercial do Porto, com este excelente catálogo muito ilustrado e de grande qualidade, que nos traz dois mil e cinquenta e dois lotes. Milhares de selos e peças filatélicas estarão à venda em duas fases, os primeiros mil quatrocentos e dezasseis lotes para venda na sala, com possibilidade de fazer lanços por correio ou internet até dia 15, e o restante leilão por correio ou internet atá às 24 horas do dia 17.

Os grandes destaques desta venda são os selos portugueses e das ex-colónias, onde estão incluídas a terceira parte da Colecção Especializada da Índia Portuguesa, de David Davie, e a Colecção Especializada de Macau, também com peças muito interessantes. Acedam ao site, pois vão poder ver todos os lotes com a respectiva imagem e texto pormenorizado com as características de cada peça. Deixo aqui indicação de alguns lotes raros e de mais alto valor de licitação inicial, para poderem ver e acompanhar: o lote nº 858, bloco de 10 selos Ceres de 10c. de 1929; o lote nº 1057 dos Açores, selo D. Luís I fita curva não denteado; e a colecção completa de Portugal, de 1853 a 1954, do lote nº 309. Há ainda lotes do estrangeiro e as áreas de postais ilustrados e literatura filatélica. Vejam e participem nesta excelente venda.




A Casa Filatélica de Auckland, na Nova Zelândia, Ashford Stamps Limited, realiza no dia 15 de Novembro o seu Leilão por Correio e Internet nº 88, apresentando este excelente catálogo com dois mil e quarenta e três lotes. As capas mostram algumas das peças de maior valor-base, e no site desta casa filatélica vão encontrar todo o leilão e muitas imagens dos lotes. É uma venda essencialmente da filatelia da Nova Zelândia e da Commonwealth, mas também há bons lotes do estrangeiro.

E os primeiros lotes são de colecções e acumulações de vários países e da Nova Zelândia, e ainda alguns lotes de selos a peso, seguindo-se a venda da filatelia do estrangeiro com alguns países em destaque, como a Austrália, Canadá e China. Há ainda um grupo de lotes de selos novos e usados WWF, e da área Antárctica muito interessantes. A filatelia da Nova Zelândia está toda representada nesta venda, desde a história postal, passando por todas as grandes séries e temas, até às emissões mais recentes, vinhetas, correio oficial e fiscal, e muito mais. A seguir mostro a imagem da capa da Lista de Preços Fixos, "Plate Blocks for Direct Sale", uma lista de peças de grande valor e qualidade, com algumas opções e facilidades de pagamento. Vejam e participem.

Outros leilões que vão acontecer nos próximos dias:

- Clube Filatélico do Brasil

- Filatelia Mazzini Milano

- Spink - Londres

- France International

- Iberphil

- Sandafayre

- Philatino

- Soler y Llach SL.









sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Noticiário de Marcofilia - Novembro - II

Há novas marcas postais comemorativas portuguesas a partir da próxima segunda-feira, dia 12, criadas pelos CTT - Correios de Portugal para as iniciativas que indico aqui: "25 Anos do Clube de Filatelia O Ilhéu - Escola Secundária Manuel de Arriaga", no dia 12, na Cidade da Horta, no Arquipélago dos Açores, com edição de um Inteiro Postal N20gr., alusivo ao mesmo tema; no dia 14, "Sidónio Pais - O retrato do país no tempo da Grande Guerra", na Loja CTT dos Restauradores, em Lisboa, e que tem edição de um Inteiro Postal que foi criado para um outro carimbo do mesmo tema, que já noticiei para o dia 11 de Novembro; no dia 15, em Coimbra, "Liga Portuguesa Contra o Cancro - Solidariedade e Humanização"; e no dia 16, "Dia Nacional do Mar", carimbo a ser aposto na Loja CTT dos Restauradores.

Estes carimbos serão apostos nas correspondências apresentadas para o efeito, nos locais e datas que indico aqui:




quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Literatura Filatélica de Grande Nível

A semana passada foi recheada a receber grandes ofertas de Literatura Filatélica, estas três excelentes obras que apresento aqui. Até parecia que estávamos a celebrar o Natal. Não estamos, mas não tenho dúvida que serão boas ofertas para darem a familiares e amigos coleccionadores neste final de ano.

E a primeira obra é do Prof. Carlos Freire de Oliveira, "A Luta Contra o Cancro e as Organizações Internacionais e Nacionais - A Comunicação Através da Filatelia", lançada no passado mês de Setembro, numa edição conjunta do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, e da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra, contando ainda com o apoio da Pfizer Oncology. Esta é a segunda obra de literatura filatélica do autor sobre este tema, para além dos muitos artigos em revistas, tema que o autor conhece bem da sua vida profissional e de coleccionador. No ano passado tinha lançado o livro "O Cancro e a Filatelia - Educação para a saúde através das mensagens transmitidas pelos selos e marcas postais", obra que divulguei na altura.

E pelos títulos vemos que no primeiro livro a educação e prevenção da doença está explicada com imagens da filatelia, e neste segundo livro agora editado são referenciadas as organizações que apoiam a luta contra o cancro. São duas excelentes obras da literatura filatélica. Parabéns Dr. Carlos de Oliveira.



O Clube Filatélico de Portugal festejou no fim do mês passado o 75º aniversário da sua fundação, com a publicação do «Boletim» nº 461, que é uma excelente obra da literatura filatélica a todos os níveis, e de grande qualidade e peso, com as suas 504 páginas. A Direcção do Clube lançou um desafio aos sócios, para que apresentassem textos com ilustrações dos mais variados temas da filatelia, na intenção de juntar setenta e cinco participações, tantas como os anos do clube.

E aqui está a imagem do livro, aliás «Boletim», de distribuição gratuita aos sócios do Clube Filatélico de Portugal, que afinal apresenta 89 artigos de filatelistas portugueses, mas também de outros cantos do mundo nas versões originais em inglês, francês e espanhol. Foi ultrapassado o número inicial pretendido, o que revela um grande apoio associativo, deste que é o maior clube filatélico português. Estão aqui representadas todas as classes e áreas da filatelia, desde a história postal à filatelia temática, e à maximafilia entre outras.



Esta terceira obra não é uma novidade, pois foi editada em 2016, como divulguei na altura, mas é uma excelente oferta de Patrick Maselis, Presidente da Royal Philatelic Society London e do Club de Monte-Carlo, e antigo Presidente da Academia de Filatelia da Bélgica, que também patrocinou esta obra de Vincent Schouberechts, "La Poste - 500 ans d'histoire en Europe".

O livro, com muitas reproduções de documentos e gravuras da época, traça a história do Correio na Europa Central do século XVI, desde a obtenção do monopólio do Correio Internacional pela família Thurn e Taxis, passando pela organização dos Correios da Grã-Bretanha que aconteceu por esta altura, atá às notícias mais recentes do correio transportado pelo espaço na Apollo 11, na Soyouz 4 e 5, e na Estação Espacial Internacional. Esta edição apresenta uma reprodução do documento do Imperador Carlos V a conceder o transporte de correio à família Thurn e Taxis.