terça-feira, 14 de agosto de 2018

Exposição Mundial - PRAGA 2018

Aí está a maior exposição filatélica que se realiza este ano na Europa, é a "Exposição Mundial Especializada de Filatelia - PRAGA 2018", que é inaugurada amanhã, dia 15, e pode ser visitada até sábado, dia 18. É uma organização da União dos Filatelistas Checos que conta com os patrocínios da FIP - Fédération Internationale de Philatélie, da FEPA - Federation of European Philatelic Associations, dos Correios da República Checa, do Hotel Clarion Congress, de Praga, do Museu Postal de Praga, da Casa Leiloeira Auktionshaus Christoph Gärtner GmbH & Co. KG, e a participação de muitas outras entidades filatélicas e não só.

Desde 1938, oitenta anos, que esta é a nona grande exposição filatélica que se realiza em Praga, e este ano assinala várias comemorações, como os Cem Anos do fim da Primeira Grande Guerra, os Cem Anos da Checoslováquia, os Cem Anos do Museu Postal de Praga, os Cem Anos dos Selos da Checoslováquia e os 25 Anos da República Checa. Vai ser uma exposição muito rica em peças filatélicas comemorativas destas datas, e com a participação de muitas Administrações Postais, e comerciantes de todo o mundo, com organização de Sberatel Prague, de Petr Jírasek.

Em relação à participação portuguesa, é um número reduzido de filatelistas presentes, pelos altos custos que os coleccionadores têm de suportar, mas mesmo assim estarão presentes: Claudino Pereira, com a colecção "Memories of Portuguese India"; Júlio Pedroso Maia, com a colecção "Crossing the Atlantic Transatlantic Mail US-France 1840-1874"; e Américo Lopes Rebelo, na Classe de Literatura Filatélica com "Articles about Maximafilia published in several magazines, referring to the years 2016/2017". O Comissário Português é Raul Leitão. No total estarão presentes cerca de duzentas e setenta colecções de mais de sessenta países. Para os coleccionadores portugueses deixo aqui os votos de grande sucesso.

Os vários espaços onde haverá exposição e vendas, são o Hotel Clarion Congress, O Museu Postal de Praga, no Hotel Olympik Tristar e no Museu Mucha, de Praga. Deixo também aqui a imagem da publicação «OPUS XVIII», da Académie Européenne de Philatélie sobre a dominação austríaca da Europa Central, que pode ser adquirida a Patrick Maselis pelo seu e-mail.



segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Novidades das Ilhas Faroé

O Município de Fuglafjordur, na parte Nordeste da Ilha de Eysturoy, cercado por sete montanhas, está a comemorar cem anos de existência, e os Correios das Ilhas Faroé lançaram no dia 23 de Abril esta série de dois selos, com trabalho artístico de Suffía Nón, e impressão de Cartor Security Printing, de França. Os selos representam símbolos vikings e medievais encontrados em escavações na zona, indicando que foi habitada ou local de passagem há muito tempo.

Neste mesmo dia, 23 de Abril, puseram a circular mais quatro emissões filatélicas, como esta de um selo da "Emissão Nórdica 2018", que representa a "Cavala", um dos peixes mais importantes na economia das Ilhas Faroé, sendo especialmente um produto de exportação. Só para destacar, que a pesca e comercialização deste peixe, muito rico em óleos gordos e Omega 3, cresceu vinte vezes desde 2010. O trabalho artístico deste selo é de Astrid Andreasen, e a impressão é de Lowe-Martin Group, do Canadá. Outra emissão conjunta entre vários países, é a "Emissão SEPAC", que este ano é dedicada às "Vistas Espectaculares", com os Correios das Ilhas Faroé a mostrarem uma fotografia de Ólavur Frederiksen. A impressão é de Cartor, de França.

O "Tema Europa" é as Pontes, e Ólavur Frederiksen fotografou estas duas construções para estes selos. É a ponte sobre o Atlântico "Streymin", entre as Ilhas Eysturoy e Streymoy, no selo de dez coroas, e a ponte sobre o Rio Sandá, a ponte nova que liga Tórshavn, a capital das Ilhas Faroé, a Argir, um dos maiores subúrbios da sua área metropolitana. A última imagem é do bloco filatélico que comemora os "100 Anos da Associação de Actores de Tórshavn", uma expressão artística muito popular nas Ilhas Faroé. O artista Anker Eli Petersen mostra-nos uma imagem muito bonita deste tema, que é também uma homenagem a todos os actores. Estas duas últimas emissões foram impressas por Cartor Security Printing, de França.




domingo, 12 de agosto de 2018

Noticiário de Marcofilia - Agosto - I

Há novas marcas postais comemorativas para este mês de Agosto, criadas pelos CTT - Correios de Portugal, para assinalar: os "25 Anos da Elevação a Cidade - Esposende", no dia 19, com edição de um Inteiro Postal N20gr., alusivo ao mesmo tema; e o carimbo comemorativo dos "125 Anos da Procissão de Nossa Senhora da Praia das Maçãs", no dia 26 de Agosto, que também tem Inteiro Postal já lançado no dia 1 de Agosto, uma imagem que vou deixar aqui novamente.

Estes carimbos serão apostos nas correspondências apresentadas para o efeito, nos locais e datas que indico aqui:



sábado, 11 de agosto de 2018

O Livro "Do Cacau ao Chocolate"

Esta é a ultima edição de livro temático que os CTT - Correios de Portugal lançaram, no seguimento da sua política editorial, que em certas emissões de selos comemorativos e temáticos são produzidas a seguir obras desse tema. Esta obra é da autoria de Fátima Moura, escritora na área da gastronomia e da investigação de produtos portugueses, que já tem outros livros editados pelo Clube do Colecionador dos Correios. As fotografias são de Mário Cerdeira e o design é de Folk Design.

Aqui está a história, desde a origem do cacau até aos nossos dias, com tudo aquilo que se pode fazer com este fruto, mas também boas receitas que incluem cacau ou chocolate, convidando-nos apreciar os bons sabores destes produtos. De referir que as receitas são de mestres pasteleiros portugueses ou da cozinha tradicional. A emissão de quatro selos e um bloco filatélico foi lançada no dia 13 de Julho, e o livro inclui estas peças filatélicas. É uma edição bilingue, em português e inglês.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Armistício da Grande Guerra

Foi a 11 de Novembro de 1918, na floresta de Compiègne, em França, que foi assinado o Armistício que pôs fim a quatro anos de guerra, a Primeira Grande Guerra Mundial (1914-1918). Durante estes últimos quatro anos, foram assinalados em muitos países vários acontecimentos deste conflito mundial, a participação, os grandes desastres e perdas da guerra, mas também as vitórias e os feitos heróicos de muitos homens e mulheres que arriscaram ou deram a sua vida por um mundo melhor.

A filatelia tem estado presente nestas recordações centenárias, e os CTT - Correios de Portugal também deram o seu contributo, em especial assinalando a presença portuguesa em França, com o CEP - Corpo Expedicionário Português, e agora com a emissão "Armistício da Grande Guerra 1918-2018", posta a circular ontem, dia 9 de Agosto. É este selo e bloco filatélico, que nos mostram momentos de alegria e Paz. É um trabalho de design do Atelier Design&etc/Hélder Soares, e tem impressão da Imprensa Nacional - Casa da Moeda. São fotografias de Arnaldo Garcez, da colecção da Liga dos Combatentes, com coloração de Henrique Martins. Deixo também a imagem da capa da pagela da emissão, que mostra a parada da vitória com a Brigada do Minho do CEP, comandada pelo Capitão David Magno perante a tribuna do Rei Jorge V, Londres, 29 de Junho de 1919.



quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Casas do Mediterrâneo - II

Há cerca de um mês, a 11 de Julho, divulguei as primeiras emissões conjuntas "Euromed Postal", que este ano são dedicadas às "Casas do Mediterrâneo", casas típicas de cada país que, integrando esta organização postal mediterrânica, resolveu emitir. São no total catorze países dos vinte que são membros. Em cada ano é escolhido um tema comum para emissão filatélica. Não consigo divulgar todas, pois só recebo imagens de selos de alguns países, mas já deixei em Julho as emissões de Portugal, Turquia e Malta, e hoje deixo mais algumas dessas imagens de selos.

Os Correios de França escolheram a região de Camarga e a arquitectura das suas casas típicas, para mostrar uma imagem campestre do Mediterrâneo e desta região francesa. O selo foi lançado a 9 de Julho, com trabalho artístico de Isy Ochoa e grafismo de Mathilde Laurent, que representa muito bem esta casa agrícola feita com materiais locais. É Saintes-Maries-de-la-Mer.



A seguir mostro a folha Premium e o sobrescrito de primeiro dia da emissão de um selo dos Correios de Espanha, que retrata a arquitectura rural de uma vila de origem árabe do século XVI, de Possessió de Raixa, de Maiorca. Esta construção teve restauros nos séculos XVIII e XIX, e hoje em dia é um edifício público, Centro de Interpretação para os visitantes de Raixa - Serra de Tramuntana. O primeiro dia de circulação foi a 5 de Julho.




Os Correios da Eslovénia emitiram no dia 9 de Julho este selo, com design de Andraz Jenkole, que representa uma casa típica do centro de Divaca, a Herdade de Skratelj, um bonito exemplar da arquitectura tradicional Karst. A imagem do sobrescrito de primeiro dia mostra uma vista aérea desta herdade.




A emissão dos Correios da Croácia, é este selo que representa uma fachada de casa antiga em pedra, da região Adriática da Croácia e da área mais ampla do Mediterrâneo. O primeiro dia de emissão foi a 10 de Julho, e o trabalho artístico é de Natasa Odak, de Zagreb.



Por último, mostro o selo que representa uma construção tradicional da cidade antiga de Nicósia, um selo emitido no dia 9 de Julho pelos Correios de Chipre, com trabalho de design de Panayiota Epifaniou. A impressão é de Veridos Matsoukis S.A., da Grécia.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

75 Anos do Clube Filatélico de Portugal

O Clube Filatélico de Portugal, o maior e mais antigo clube desta área do coleccionismo em Portugal, vai festejar 75 anos de existência no próximo mês de Outubro. A data de 27 de Outubro de 1943 registada no Alvará do Governo Civil de Lisboa, foi a considerada como a data da fundação do Clube Filatélico de Portugal. Esta história da sua fundação pode ser vista no site do CFP. Vejam todas as dificuldades que estes filatelistas fundadores passaram para erguer este grande clube que é hoje em dia.

Os 75 Anos do Clube Filatélico de Portugal vão ser assinalados com várias iniciativas, a que fiz referência no dia 27 de Julho, quando divulguei o último número do seu Boletim. Uma dessas iniciativas é o Troféu Comendador Dias Ferreira, onde são expostas colecções de vários associados, mas agora surge uma nova proposta, que vai ser a edição de um número especial do Boletim, a ser distribuído a 27 de Outubro, com 75 artigos filatélicos sobre vários temas, um por cada ano de existência do Clube, enviados pelos associados que queiram participar, até 30 de Setembro. É uma iniciativa muito interessante que nos vai dar uma publicação rica em conhecimentos e histórica, para consultar e guardar.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Exposições e Feiras - Agosto - II

A Sociedade Philatelica Paulista, de São Paulo, no Brasil, está a comemorar 99 anos da sua fundação, com uma "Mostra Filatélica - X EXPO SPP - 175 Anos do Olho de Boi", que está a decorrer até dia 11 de Agosto, no Centro Cultural dos Correios, em São Paulo. A exposição foi aberta no dia 1 de Agosto, data em que foi lançado o primeiro selo Olho de Boi de 30 Réis, mas a inauguração oficial foi a 4 de Agosto. Estão cerca de 20 colecções expostas, de vários temas, e ainda há alguns dias para visitarem esta Mostra Filatélica. Participem.




Outra grande exposição que se realiza nos próximos dias, a que já fiz referência num outro dia, é a "APS/NTSS StampShow 2018", e que estará patente ao público de 9 a 12 de Agosto no Greater Columbus Convention Center, de Columbus, no Ohio, Estados Unidos da América, numa organização da APS - American Philatelic Society, e da ATA - American Topical Association. Deixo aqui a imagem dos selos que estão a ser lançados para esta grande iniciativa, e a lista dos comerciantes filatélicos, membros da ASDA - American Stamp Dealers Association, que estarão presentes com os seus stands de vendas.


segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Publicações recebidas - Agosto - I

A primeira publicação que podemos ver nas imagens, é o órgão oficial do Clube Filatélico Danúbio - "Briefmarkensammler Verein Donau", de Viena, o nº 3 de 2018 de «donau-post», com esta capa que nos lembra que a protecção de dados é uma realidade da vida actual. Mas a vida associativa destes filatelistas austríacos também é importante, e é isso que expressam nas páginas da sua publicação periódica. As novidades dos Correios da Áustria também estão em destaque, com fotografias dos últimos selos emitidos, na contracapa. As notícias das exposições, das sessões de trocas e textos da filatelia temática completam esta edição.

A seguir vem a publicação mensal «Filatelista» nº 8 de 2018 (1150), o órgão oficial da União dos Filatelistas Polacos - "Polski Zwiazek Filatelistów", com esta homenagem na capa aos 90 anos do Professor Zygmunt Wiatrowski, pedagogo e psicólogo do trabalho, com obras de literatura filatélica dirigidas aos jovens coleccionadores e não só. Esta grande homenagem ao ilustre professor, organizada pela União dos Filatelistas Polacos e pela Academia de Filatelia, é apresentada num bom artigo de Agnieszka Magiera, a Chefe de Redacção desta publicação. Dos vários artigos e estudos apresentados nesta edição, destaco dois sobre Correio Aéreo, e a apresentação por Jerzy Bielawski da nova edição do livro "Soldados das Legiões Polacas 1914/1917", de Zdzislaw Bitner e Ryszard Bratkowski, quando se comemoram os cem anos do fim da Primeira Grande Guerra.

Da Bélgica chegou o nº 26 de «Le Philatéliste Belge», a publicação trimestral da "Académie Royale de Philatélie de Belgique" e da "Société Philatélique Belge", editada por Patrick Maselis. A fotografia que esta capa nos mostra, é de um dos primeiros coleccionadores de selos, o filatelista belga Louis Hanciau (1835-1924), que foi autor de muitos trabalhos especializados sobre filatelia, editados na Casa Moens, do seu cunhado, e que foi distinguido com o "RDP - Roll of Distinguisted Philatelists". Entre os vários artigos que esta publicação nos apresenta, destaco de Mireille Lutz "La ligne de chemin de fer BRUXELLES-CHARLEROI-NAMUR (1840-1895) - Les ambulants du MIDI V et VI". Outros textos de grande qualidade e notícias destas organizações completam esta edição.



  

domingo, 5 de agosto de 2018

Novidades Numismáticas Portuguesas

As comemorações dos "250 Anos do Jardim Botânico da Ajuda", de Lisboa, o primeiro grande jardim deste género criado em Portugal, com projecto de Domingos Vandelli, botânico italiano de Pádua, têm agora uma moeda corrente comemorativa lançada no dia 25 de Julho pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda, um trabalho do artista ilustrador João Fazenda, que mostra uma das mais antigas árvores deste jardim, o Dragoeiro com cerca de quatrocentos anos.

Este jardim possui mais de mil e seiscentas espécies de todo o mundo, e é um espaço de ensino e investigação do Instituto Superior de Agronomia. Foram produzidos quinhentos mil exemplares na versão normal, em cuproníquel, e dez mil exemplares em BNC - Brilhante Não Circulada e em Proof, de que mostro a embalagem.

Ainda em Julho, lançaram a Série Anual das moedas correntes, que celebra o Ano Europeu do Património Cultural, como podem ver na embalagem desta série. As versões agora lançadas foram a BNC, com limite de produção a oito mil exemplares, e a FDC - Flor de Cunho a dez mil exemplares. A versão Proof está prevista ser lançada em Novembro.